Navegação rápida por teclas de atalho.

Há 3 teclas de atalho codificadas em todas as páginas, as quais permitem saltar directamente para um dos 3 elementos seguintes. Caso o elemento não exista na página a tecla de atalho não estará disponível.

Eventos

  • 20.11.2019 - 20.11.2019
    • X Jornadas Nacionais de Educação Pelos Pares
  • 16.11.2019 - 23.11.2019
    • Formação Científica e Pedagógica 2019 - CAOJ de Coimbra
  • 23.10.2019 - 30.10.2019
    • Formação Científica e Pedagógica 2019 - CAOJ de Setúbal
  • 21.10.2019 - 28.10.2019
    • Formação Científica e Pedagógica 2019 - CAOJ de Lisboa
  • 16.10.2019 - 17.10.2019
    • Formação Científica e Pedagógica 2019 - CAOJ do Porto

Entrada
Corpo da página (ALT + 2)
CAOJ de Lisboa na Escola Secundária José Gomes Ferreira
Como dinamizar a Educação Sexual (ES) em contexto escolar? Esta é uma questão muitas vezes formulada pelos professores no âmbito desta temática. É inegável a informação que a maioria dos nossos jovens possui, eles próprios o afirmam com muita “segurança e convicção” mas, apesar de constituir uma vertente essencial, não é suficiente. Há uma enorme variedade de fontes informativas, como por exemplo, os amigos, os livros, os pais, a escola etc., e por isso importa perceber que informação têm, até que ponto está correta e acrescentar o que falta. Também é verdade que sem uma informação adequada, discutida e atualizada em diversos contextos, aumenta a possibilidade de comportamentos de risco (GTES, 2005).
 
A organização de aulas segundo o modelo expositivo e que se limitam a uma abordagem meramente biológica da sexualidade, como o aparelho reprodutor, o HIV, métodos contracetivos e gravidezes indesejadas… não contribuem para mudar atitudes e comportamentos.
 
A ES deve dar aos jovens a oportunidade de compreenderem a importância da dimensão afetiva da sexualidade, contribuir para o autoconhecimento emocional ao mesmo tempo que estimula a tomada de decisões que envolvam comportamentos sexuais. Ao proporcionar a sua abordagem em sala de aula, o professor cria um espaço de reflexão credível e respeitoso com igualdade de oportunidades para todos os alunos, isto é, para os que têm possibilidades de falar com os pais e para os que não têm.
 
Segundo Dias et al (2002) a estratégia mais adequada investe sobretudo em atividades desenvolvidas no âmbito do espaço turma com a participação ativa dos alunos. A reflexão e a problematização devem ser incentivadas “num clima geral de diálogo construtivo”.
 
As metodologias ativas e participativas à disposição dos dinamizadores são já variadas mas devem ser adaptadas à idade e ao interesse do público-alvo. Esta temática tão delicada e sensível e ao mesmo tempo tão importante para a formação integral dos nossos alunos continua a provocar algum desconforto, pois a questão mantém-se.
 
Como fazer?
 
Porque a equipa do CAOJ acredita que se aprende fazendo, promoveu no dia 8 de outubro na Escola José Gomes Ferreira, em Benfica, uma ação de formação para professores onde as metodologias ativas, as dinâmicas de grupo, foram as “vencedoras”.

Celeste1

Celeste2

 Atividades com alunos…

Sendo o Projeto Nacional de Educação pelos Pares um projeto de referência dinamizado pelo CAOJ, realizou-se na Escola José Gomes Ferreira, nos dias 28 de outubro e 4 de novembro seis sessões de formação para alunos de 12º ano. A professora Maria Emília Martins solicitou a colaboração do CAOJ e disponibilizou as suas aulas de biologia para preparação dos alunos que irão desenvolver o projeto numa turma do 7º ano de escolaridade.
 
Durante as sessões vários temas como a comunicação, a assertividade, a autoestima e relações interpessoais foram trabalhados no contexto da educação para a sexualidade na medida em que as competências pessoais e sociais são essenciais à vivência de uma sexualidade saudável e gratificante.
 
Realçamos a adesão e a motivação dos alunos nas atividades apresentadas.

 Celeste3

Celeste4

Celeste5

Celeste6 

CAOJ de Lisboa

 
Dia Mundial de Luta contra a SIDA | 2011 | CAOJ de Coimbra

O Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens de Coimbra e a Associação de Estudantes da ESEC realizaram, no dia 30 de Novembro,  uma Campanha na Escola Superior de Educação de Coimbra. Esta iniciativa conjunta teve por tema "Getting to Zero - Deixa a tua marca", associando-se à comemoração do Dia Mundial de Luta Contra a SIDA. A Campanha incluiu a entrega de folhetos sobre a prevenção da infecção VIH/SIDA e a distribuição de preservativos. A equipa de voluntárias e docentes do CAOJ sensibilizou os/as estudantes para a prevenção de comportamentos sexuais de risco e apelou ao seu envolvimento em acções concretas para impedir a propagação da infecção VIH. Os/as estudantes deixaram as suas mensagens em cartazes espalhados pela Escola. 

 

DMSIDAesec1

 

  DMSIDAesec3    DMSIDAesec2   DMSIDAesec4 

                          

 DMSIDAesec7  DMSIDA1

  PC010252 DMSIDA3

DMSIDAesec92

 

 
Dia Mundial de Luta Contra a SIDA | 2011 | Delegação da Madeira

Actividades a desenvolver pela Delegação Madeira, no âmbito do Dia Mundial de Luta Contra a SIDA:

30 de Novembro: colaboração com a JSD, na campanha de sensibilização para a prevenção do VIH/SIDA à porta das Escolas Secundárias
1 a 3 de Dezembro:  campanha de sensibilização no torneio de Squash da Madeira
1 de Dezembro: início do projecto "Entre Portas", no Estabelecimento Prisional do Funchal
2 de Dezembro: campanha de sensibilização nocturna: Keep The Promise: Parar a SIDA, a desenvolver nas discotecas VESPAS, JAM E MARGINAL
acção de formação: "Sexualidade na 3ª Idade", dirigida a utentes do Clube Sport Juventude de Gaula/Santa Cruz
3 de Dezembro: campanha de sensibilização: "Keep The Promise: Parar a Sida", a desenvolver no Teatro Experimental do Funchal
início do projecto "Entre Portas", no Centro Educativo do Funchal
2 a 5 de Dezembro: participação na IX Feira das Vontades
5 de Dezembro: acção de formação: Prevenção do VIH/SIDA, dirigida a alunos do ensino recorrente (120) da Escola do 2º e 3º da Torre
 
Dia Mundial de Luta Contra a SIDA | 2011

WADPoster2011FnlA3_4

WADPoster2011FnlA3_2

 
ONUSIDA - Relatório do Dia Mundial da SIDA | 2011

A ONUSIDA divulgou o Relatório do Dia Mundial da SIDA 2011. Segundo o comunicado de imprensa, datado de 21 de Novembro, 2011 foi um ano de mudança na resposta ao VIH/SIDA devido ao progresso da ciência, ao empenho político e aos resultados sem precedentes que foram alcançados.

As novas infecções pelo vírus reduziram 21% desde 1997 e as doenças relacionadas com a SIDA diminuiram 21% desde 2005. Por outro lado, como afirma Michel Sidibé, director executivo da ONUSIDA,  "somos testemunhas de um aumento gigantesco do acesso ao tratamento do VIH, que teve um impacto significativo nas vidas de pessoas em todo o planeta".

O Relatório sublinha que existem sinais evidentes que demonstran que o tratamento do VIH tem um impacto significativo na redução do número de novas infeções pelo vírus.

Calcula-se que em finais de 2010:

34 milhões [31,6 – 35,2 milhões] de pessoas viviam com o  VIH a nível mundial.

2,7 milhões [2,4 – 2,9 milhões] de novas infecções pelo VIH se produziram en 2010.

1,8 milhões [1,6 – 1,9 milhões] de pessoas morreram por causas relacionadas com a SIDA em  2010.

Os progressos na prevenção do VIH/SIDA a nível global levaram a ONUSIDA a propor um novo enfoque estratégico com base num quadro de investimentos mais eficaz, estruturado em seis programas essenciais: intervenções delimitadas para populações  de maior risco (em particular as/os profissionais do sexo e clientes, homens que têm relações sexuais com homens e utilizadores/as de drogas injectáveis); prevenção de novas infecções por VIH em crianças; programas orientados para a modificação de comportamentos; fomento e distribuição do preservativo; tratamento, atenção e apoio às pessoas que vivem com o vírus; e circuncisão masculina voluntária nos países com alta prevalência do VIH e baixos índices de circuncisão.

Mas para que este novo quadro de acção seja eficaz, as actividades destes programas devem ter em conta aspectos essenciais como a redução do estigma, o respeito pelos direitos humanos, a criação de um ordenamento jurídico protector e o desenvolvimento das capacidades e recursos das organizações locais.

caparelatorio2011 contracaparelatorio2011

 
Formação Científica de Voluntários/as - CAOJ Lisboa

O Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens de Lisboa promove um Curso de Formação Científica de Voluntários/as de intervenção no Projecto Nacional de Educação pelos Pares "Sexualidade e Prevenção da Infecção VIH/SIDA". O Curso realiza-se no próximo sábado, dia 19 de Novembro, no Auditório da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e incide sobre os seguintes temas:

   - VIH/SIDA e outras IST
   - Perturbações do Comportamento Alimentar
   - Sexualidade e Construção da Identidade na Adolescência
   - Questões Ético-Jurídicas associadas ao VIH/SIDA
   - Consumo de álcool e outras substâncias psicoactivas
   - Educação Sexual em Contexto Escolar
   - Métodos Contraceptivos e gravidez na adolescência
   - Comportamentos sexuais dos adolescentes portugueses
   - Sexualidade na Adolescência – Mitos e Preconceitos
   - Igualdade de Género, Homofobia e Educação
   - A Escola, o Voluntariado e a Educação pelos Pares na Luta Contra a Sida
 
O Curso será ministrado por especialistas de várias instituições parceiras: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, Hospital de Santa Maria, Centro de Direito Biomédico, Instituto da Droga e da Toxicodependência, Faculdade de Motricidade Humana e Rede Ex-Aequo.
 
As sessões de Abertura e Encerramento contarão com a presença da Drª. Filomena Frazão de Aguiar, Presidente do Conselho de Administração da FPCCSIDA e da Profª. Doutora Isabel Chagas, Coordenadora do CAOJ de Lisboa.
 
O Programa completo do Curso pode ser descarregado aqui.
 
Para informações e inscrição contacte:
 
 
Formação Científica e Pedagógica de Voluntários/as - Porto
O Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens do Porto promove, nos próximos dias 17 e 18 de Novembro, os Cursos de Formação Científica e Pedagógica dos/as voluntários/as que irão  intervir no Projecto Nacional de Educação pelos Pares. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em:
 
Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens
Fundação Portuguesa "A Comunidade Contra a SIDA"
Rua Viana de Lima, 224, 4150-746 Porto
Tel: 222 088 646 / Fax: 222 088 648

O Curso de Formação Científica decorre no Auditório A2 da Universidade Lusíada do Porto, no dia 17 de Novembro, com o seguinte programa (pdf) :

8h:45min ‐ Abertura do Secretariado
9h:00min ‐ Questionário Inicial
9h:15min ‐ Sessão de Abertura
                        Dra. Filomena Frazão de Aguiar (Presidente do Conselho de Administração da  FPCCSIDA)
                        Prof.ª Doutora Teresa Vilaça (Coordenadora do CAOJ Porto)
                        Prof.ª Doutora Isabel Torres (Coordenadora dos Cursos de Mestrado na Universidade Lusíada)
9h:30min - A Importância do Voluntariado e da Educação pelos Pares na Luta Contra a SIDA
                        Dra. Filomena Frazão de Aguiar
10h:00min - VIH/SIDA e outras IST
                  Prof. Dr. Mota Miranda (Médico)
10h:30min ‐ Dependência do álcool: um grave malefício a evitar
                        Dra. Ana Feijão Gomes (Médica)
11h:00min ‐ Pausa para Café
11h:15min ‐ Consumo de Drogas e sua Prevenção
                        Sub-Chefe Fernando Rodrigues (Escola Segura – PSP)
11h:45min ‐ Tabagismo e sua Prevenção
                        A confirmar
12h:00min ‐ O papel das Crenças na Saúde Sexual e a sua integração nos Programas de Educação Sexual
                        Prof. Doutor Pedro Nobre (Psicólogo Clínico)
12h:30min ‐ Debate
12h:45min ‐ Pausa para Almoço
14h:30min ‐ Métodos Contraceptivos: uma perspectiva actual
                        Dra. Eufémia Ribeiro (Médica Ginecologista)
15h:00min – Violência no Namoro e Bulling
                        Dra. Marlene Fonseca – APAV (Delegação do Porto)
15h:30min ‐ A Escola e a Educação pelos Pares
                        Profª. Doutora Teresa Vilaça
16h:00min – Testemunhos de Voluntários
16h:30min ‐ Debate
16h:45min ‐ Questionário Final
17h:00min ‐ Encerramento
                         Drª. Filomena Frazão de Aguiar
                         Prof.ª Doutora Teresa Vilaça

O Curso de Formação Pedagógica realiza-se no dia 18 de Novembro, na sala V3 da Universidade Lusíada do Porto, centrando-se nos seguintes temas: Métodos e Técnicas da Educação pelos Pares, Sexualidade e VIH/SIDA e planificação da intervenção das BUI - Brigadas Universitárias de Intervenção (ver programa detalhado).   

 
Sessão para Pais e Encarregados/as de Educação

A Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Martim de Freitas promove, em colaboração com o Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens de Coimbra da FPCCSIDA, uma sessão para Pais e Encarregados/as de Educação sobre o tema "Educação Sexual na Adolescência: o papel da Família e da Escola".

A sessão está agendada para a próxima quinta-feira, dia 10 de Novembro, às 21 horas, no Refeitório da Escola e conta com a participação da Professora Doutora Filomena Teixeira e do Mestre Fernando Moreira Marques.

sesso_pais

 
<< Início < Anterior 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 Seguinte > Final >>

Pág. 130 de 201