Navegação rápida por teclas de atalho.

Há 3 teclas de atalho codificadas em todas as páginas, as quais permitem saltar directamente para um dos 3 elementos seguintes. Caso o elemento não exista na página a tecla de atalho não estará disponível.

Entrada
Corpo da página (ALT + 2)
FUNCHAL PRIDE "VIVER NA DIVERSIDADE"

A Delegação Regional da Madeira da Fundação Portuguesa "A Comunidade Contra a SIDA" (FPCCSIDA), coorganizou o evento Funchal Pride "Viver na Diversidade" (ação de cariz social que teve como principal objetivo dar maior visibilidade à população LGBTI+ e consciencializar para a diversidade de identidades sexuais e de género, orientações sexuais e expressões de género) que se realizou nos dias 6 e 7 de outubro de 2017.

No dia 6 de outubro houve um seminário "Cidadania Fora do Armário" no Espaço Paulo Martins onde existiu a oportunidade de adquirir, refletir e discutir conhecimentos sobre diversidade sexual, relacional e de género em Portugal. Foi a única iniciativa científica associada ao Funchal Pride, antecedendo a 1.ª Marcha do Orgulho Lgbti+ do Funchal, o Arraial Pride Funchal e a After-party. A oradora foi a socióloga, investigadora e ativista Ana Cristina Santos, responsável pelo projeto de investigação Intimate – Cidadania, Cuidado e Escolha: a micropolítica da intimidade na Europa do Sul, um estudo sobre questões de vida íntima e familiar entre pessoas LGBTQ em Portugal, Espanha e Itália, financiado pelo European Research Council, com uma equipa internacional, e sediado no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

Já no dia 7 de outubro cerca de 300 pessoas participaram na primeira Marcha do Orgulho LGBTI no Funchal onde a comunidade em geral esteve presente e contou ainda com a participação de elementos da UMAR - União Alternativa de Mulheres e Resposta, da Opus Gay e do NAIF - Núcleo da Amnistia Internacional do Funchal. Posteriormente, no Arraial Pride, no Jardim Municipal do Funchal, a Delegação Regional da Madeira da FPCCSIDA esteve presente com o seu stand a sensibilizar a comunidade para a prevenção do VIH/SIDA bem como alertar para o uso do preservativo como o meio mais eficaz contra a infeção do VIH.

Esta iniciativa foi da rede ex aequo (REA), com colaboração também do grupo Mad le's Femme, a Associação para o Planeamento da Família (APF) e a Associação Abraço.

Funchal Pride Viver na Diversidade - 1

Funchal Pride Viver na Diversidade - 2Funchal Pride Viver na Diversidade - 3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Funchal Pride Viver na Diversidade - 4Funchal Pride Viver na Diversidade - 5

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
EX-GOVERNANTE RECORDA LEI DA TRANSPLANTAÇÃO

Ex-governante recorda lei da transplantação um marco do Portugal democrático

 
O SUICÍDIO E AS CAUSAS

A Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a SIDA” (FPCCSIDA), representada por um elemento do Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens (CAOJ) do PORTO, que assistiu à palestra “O Suicídio e as Causas”, sob a coordenação científica e exposição de Exmo. Senhor Professor Doutor José Pinto da Costa.

Na supracitada palestra foram revelados e abordados diferentes subtemas tais como: Suicídio na adolescência; Separação conjugal aumenta risco de suicídio; Suicídio na atualidade; Suicídio nas forças de segurança; ente outros.

Foi ainda possível compreender os principais sinais de alerta: aspetos emocionais e psicológicos que podem influenciar na tentativa de suicídio nas diferentes faixas etárias.

A referida palestra decorreu no passado dia 2 de outubro, das 18h00 às 22h00 no Grande Hotel do Porto.

O Suicídio e as Causas - 1O Suicídio e as Causas - 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Suicídio e as Causas - 3O Suicídio e as Causas - 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
NOVA TÉCNICA PARA TRATAMENTO DA INCONTINÊNCIA

A médica voluntária da Fundação Portuguesa "A Comunidade Contra a SIDA" (FPCCSIDA) e investigadora da Faculdade de Medicina do Porto, Prof.ª Doutora Ana Povo, desenvolveu um estudo que permite melhorar o tratamento de doentes com incontinência.

Nova Técnica para Tratamento da Incontinência

Veja a reportagem AQUI

 
SOLUÇÃO PARA PESSOAS QUE SOFREM DE INCONTINÊNCIA

Solução para Pessoas que Sofrem de Incontinência

 
DIA INTERNACIONAL DA NÃO-VIOLÊNCIA

O "Dia Internacional da Não-Violência" foi criado pela ONU como homenagem a Mahatma Gandhi, que nasceu em 2 de outubro de 1869 e fez da sua vida uma luta pela paz, pelo amor, pela verdade, combatendo a violência e a não-cooperação entre os povos, sendo o pioneiro da filosofia da não-violência.

Este dia foi assinalado, na Escola Básica do 2º e 3º Ciclos Rainha Santa Isabel, em Coimbra, pela presença do Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens (CAOJ) de Coimbra, o qual dinamizou duas sessões de sensibilização, para todos os alunos do 8º ano de escolaridade (75 alunos/as) sobre a temática da Não-Violência.

A sessão de sensibilização contou com duas partes distintas: reflexão e partilha sobre os diferentes tipos de violência (no namoro, doméstica, bullying, stalking…) e elaboração de dois murais, que ficaram expostos na escola, no sentido de alertar e sensibilizar toda a comunidade escolar para esta temática e, atuação do Teatro Universitário de Intervenção (TUI), representando pequenas cenas, que retratam episódios comuns de violência entre os/as jovens, seguida de análise e discussão.

Para a dinamização destas sessões, colaboraram um grupo de voluntários/as do CAOJ de Coimbra, que já nos acompanha pelo segundo ano consecutivo. Esta presença foi muito importante, uma vez que permitiu uma maior proximidade e partilha entre os/as estudantes e os/as elementos da Brigada Universitária de Intervenção (BUI).

Dia Internacional da Não Violência 2017 - 1Dia Internacional da Não Violência 2017 - 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dia Internacional da Não Violência 2017 - 3

 
WOMAN XXI - INTERNATIONAL CONFERENCE ON WOMAN

Nos dias 29 e 30 de setembro de 2017 realizou-se a primeira edição do WOMAN XXI - International Conference on Woman, na Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, no Porto.

A Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a SIDA” (FPCCSIDA), através do Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens (CAOJ) do Porto, marcou presença nesta conferência internacional, com a apresentação de um poster científico sobre o tema “Conversando sobre Sexualidade e SIDA" - Percepções de estudantes de uma instituição de ensino profissional.

Através de uma abordagem pluridisciplinar, o WOMAN XXI promoveu o diálogo aberto sobre um conjunto de questões socialmente relevantes relacionadas com a Mulher, onde desafiou um vasto leque de áreas científicas a partilhar experiências e conhecimentos num espaço de debate de interesses comuns.

Partindo da ideia de que todas as áreas envolvidas poderão trazer contributos enriquecedores para um conhecimento mais aprofundado sobre a realidade em causa, este congresso introduziu formatos inovadores de discussão, menos focados no orador e mais abertos à participação ativa da audiência.

Este foi um encontro entre o saber e o saber-fazer, combinando a vertente académica com a experiência de uma série de profissionais competentes no terreno, acreditamos que o WOMAN XXI se traduziu numa oportunidade única de partilha de experiências para todos os intervenientes.

Woman XXI - International Conference on Woman 2017 - 1Woman XXI - International Conference on Woman 2017 - 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Woman XXI - International Conference on Woman 2017 - 3Woman XXI - International Conference on Woman 2017 - 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 
"O TEMPO DOS PROFESSORES"

No dia 29 de setembro de 2017, a Fundação Portuguesa "A Comunidade Contra a SIDA" (FPCCSIDA), participou através do Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens (CAOJ) do Porto, com duas comunicações intituladas "Educação Sexual e comportamentos de risco no ensino básico - o desafio dos professores" e "Perceções de professores sobre o primeiro ano de implementação do Projeto Nacional de Educação Pelos Pares da FPCCSIDA", no Congresso "O Tempo dos Professores", na Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade do Porto.

Foi um espaço de partilha e reflexão de práticas educativas, sobretudo ao nível da educação não formal, tanto em Portugal, como no Brasil.

O Tempo dos Professores - 1O Tempo dos Professores - 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Tempo dos Professores - 3O Tempo dos Professores - 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 2 de 97