Navegação rápida por teclas de atalho.

Há 3 teclas de atalho codificadas em todas as páginas, as quais permitem saltar directamente para um dos 3 elementos seguintes. Caso o elemento não exista na página a tecla de atalho não estará disponível.

Eventos

  • 17.12.2017 - 17.12.2017
    • Lanche dos Afetos 2017 do CAOJ do Porto
  • 30.11.2017 - 30.11.2017
    • Encontro Científico "O Portador de VIH/SIDA em Contexto Laboral"
  • 13.11.2017 - 14.11.2017
    • Formação Científica e Pedagógica 2017/2018 - CAOJ de Lisboa
  • 27.10.2017 - 28.10.2017
    • Formação Científica e Pedagógica 2017/2018 - CAOJ de Coimbra
  • 24.10.2017 - 25.10.2017
    • Formação Científica e Pedagógica 2017/2018 - CAOJ do Porto

Entrada AIDSMAP Vamos Intervir e Humanizar: Por um ambiente mais saudável e seguro
Corpo da página (ALT + 2)
Vamos Intervir e Humanizar: Por um ambiente mais saudável e seguro

A Delegação Regional da Madeira da Fundação Portuguesa "A Comunidade Contra a SIDA" (FPCCSIDA), marcou presença no debate, promovido pela Comissão Regional de Luta Contra a SIDA - "Vamos Intervir e Humanizar: Por um ambiente mais saudável e seguro", que teve lugar no dia 23 de novembro, no auditório do Museu da Eletricidade da Madeira.

Este debate teve como objetivo assinalar o Dia Mundial de Luta Contra a SIDA e permitiu evidenciar as inquietações, a discriminação, os preconceitos e os medos sentidos pelas pessoas que vivem com o Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH) e que estão profissionalmente ativas.

Segundo Mário Rodrigues, assessor para os cuidados hospitalares do Secretário Regional da Saúde: "O Governo Regional, através do serviço de saúde investe mais de 3 milhões de euros em antirretrovirais, assegurando assim o tratamento e a terapêutica a duas centenas de doentes. O esforço para notificar todos os casos tem permitido registar, atualmente, uma média de 5 a 6 novos casos de SIDA por ano, em contraponto com cerca de 20 novos casos de infeção por VIH."

Em matéria de dados notificados e diagnosticados a Região Autónoma da Madeira registou desde 1987, 630 casos por infeção VIH, dos quais 24 registados este ano.

Importa salientar que é necessário dar continuidade na prevenção e no diagnóstico precoce para diminuir o risco de transmissão e a possibilidade de evolução da doença.

Vamos Intervir e Humanizar Por um Ambiente Mais Saudável e Seguro - Cartaz

Vamos Intervir e Humanizar Por um Ambiente Mais Saudável e Seguro - Programa