Navegação rápida por teclas de atalho.

Há 3 teclas de atalho codificadas em todas as páginas, as quais permitem saltar directamente para um dos 3 elementos seguintes. Caso o elemento não exista na página a tecla de atalho não estará disponível.

Entrada AIDSMAP Fast-Track Cities
Corpo da página (ALT + 2)
Fast-Track Cities

No dia 10 de outubro, a Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a SIDA” (FPCCSIDA) esteve representada pela Dr.ª Dina Paulino (CAOJ de Lisboa) e pela Dr.ª Júlia Morgado (CAOJ de Setúbal) no Workshop das “Fast-Track Cities”.

Este workshop foi organizado pelo IAPAC e pela iniciativa "Lisboa, cidade sem SIDA", e teve como objetivo discutir o processo de implementação da iniciativa e a monitorização da mesma.

Este evento culminou com a Cerimónia Fast-Track Cities: Cidades na Via Rápida para Eliminar o VIH. Foram sete os municípios portugueses que assinaram a Declaração de Paris – Almada, Amadora, Loures, Odivelas, Oeiras, Portimão e Sintra. Juntam-se assim a Lisboa, Porto e Cascais.

A cerimónia de adesão destes sete municípios ao projeto internacional para combater a epidemia da SIDA decorreu na Assembleia da República, com a presença do Ministro da Saúde, do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, da Diretora-Geral da Saúde e do Diretor da Agência das Nações Unidas para o VIH/SIDA (UNAIDS).

As cidades encontram-se assim numa posição privilegiada para liderar as ações locais de combate a esta epidemia, com impacto global, acelerando assim a resposta ao VIH, de forma a atingir, até 2020, as metas da ONUSIDA (90-90-90):
- 90% das pessoas infetadas com VIH diagnosticadas;
- 90% das pessoas diagnosticadas a receber tratamento;
- 90% das pessoas em tratamento com carga viral indetetável.

Fast Track Cities 2018 - 1

Fast Track Cities 2018 - 2Fast Track Cities 2018 - 3